Vinhos

Os diferentes aromas dos vinhos

Os vinhos possuem aromas próprios, que devem ser identificados e memorizados para buscar as mais intensas e prazerosas sensações olfativas. Os aromas dos vinhos se dividem em três tipos: aromas primários, secundários e terciários.

 

O enólogo e gerente de produção da Famiglia Zanlorenzi, Ricardo Morari, explica que os aromas primários são aqueles provenientes da uva. “Vinhos elaborados com uvas moscatéis, por exemplo, lembram as uvas que lhes deram origem. Estes aromas nos dão a sensação de ‘doces’ e lembram uva de mesa”, ensina.

 

Já os aromas secundários são aqueles formados durante a fermentação do vinho. “São estes aromas, somados aos primários, que proporcionam a característica varietal dos vinhos”, explica Morari.

 

Por fim, os aromas terciários são formados durante o amadurecimento do vinho em barricas e o envelhecimento na garrafa, os chamados “buquês”, identificados com maior facilidade em vinhos tintos.

 

Sobre a Famiglia Zanlorenzi – fundado em 1942, a Famiglia Zanlorenzi é atualmente uma das maiores empresas de derivados de uva e uma das mais importantes indústrias de bebidas do Brasil. A base produtora está situada na Serra Gaúcha em São Marcos/RS e o pólo industrial em Campo Largo/PR. Presente em todo o território nacional (bem como em diversos países da América Latina), possui um vasto portfólio de produtos, com 14 marcas e mais de 110 rótulos, que abrange quatro categorias de mercado: vinhos de mesa, vinhos finos nacionais e importados, espumantes e sucos.

 

Informações para a imprensa:
Daniela Licht – Assessora de Imprensa da Famiglia Zanlorenzi
Contato: (41) 3019-9092 
E-mail: daniela@basicacomunicacoes.com.br

  1. Previous news
  2. Return